<$BlogRSDUrl$>
Comments:

terça-feira, fevereiro 24, 2004

Claro que se eu fosse às aulas e estudasse em casa, teria um contetamento futuro, na época dos exames, ao ter muito mais facilidade em estudar e passar. Podia dizer que sou burro, por preferir viver o momento presente e não pensar no que vai acontecer. Mas nem é o caso. Num futuro bem mais longíquo vou recordar com alegria os momentos de diversão e loucura que passei e não os relaccionados com a escola. Por isso, não ir às aulas, não estudar e o que mais aconteça, não passa de eu a pensar no meu futuro.
Comments:
Agora constroem muros. E eu que pensava que ia ser um murito, pouco maior do que o das traseiras do meu prédio, mas não, mas não. Vai ser maior do que a distância de Lisboa a Madrid! E depois não querem ser atacados por carros bombas, homens bombas, bombas sozinhas. Não direi que o Terrorismo é uma boa solução, mas há situações em que é a única. E na Palestina, vítimas de descriminação, de raids das tropas israelitas, de injustiças e possuindo uma força muito menor do que israelita, temos um desses casos.
Comments:

sábado, fevereiro 21, 2004

Querem estragar o Carnaval aos miúdos pá! Foram apreendidos mais de seis mil produtos considerados perigosos. É uma vergonha, privarem as criancinhas incoscientes dos riscos que correm dos seus tão queridos estalinhos, bombinhas, fulminantes e afins. No Telejonal de ontem era esta a conversa:
Repórter: -Então e não sabes que é proíbido brincares com estalinhos?
Miúdo1: -Sei.
Repórter: -E continuas a brincar?
Miúdo2: -É Carnaval, ninguém leva a mal.
Comments:

sexta-feira, fevereiro 20, 2004

C'est l'histoire d'un mec qui tombe d'un immeuble de cinquante étages; au fur et à mesure de sa chute il se répète sans cesse pour se rassurer: jusqu'ici tout va bien, jusqu'ici tout va bien, jusqu'ici tout va bien... mais l'important, c'est pas la chute c'est l'atterrissage
A tagline de melhor filme sobre violência, sobre desepero, sobre falta de saídas, sobre a outra face da cidade, sobre ódio. La Haine, em português, O Ódio. Tudo desde o seu próprio segundo inicial até ao esmagador final é de uma perfeição extrema. Todos os gestos, símbolos, palavras são geniais e genialmente estão enquadrados. Mathieu Kassovitz ganhou em Cannes o prémio de Melhor Realizador com esta relíqua e acima de tudo, a imortalidade. Porque La Haine não é só um filme. Não é MESMO, só um filme, que se vai ver domingo à tarde quando não temos nada para fazer. É uma obra-prima que deve ser vista e sentida na pele por todos nós.

Comments:
Sabem o que era bom? Era um membro do nosso governo contrair a gripe das aves e termos de os matar a todos. Se já sem gripes tenho medo de ficar contagiado com os ideias de tais reaccionários, como diz o Mário Soares, assim ainda pior. Mas de uma forma ou de outra, a morte é sempre solução para este governo. Façamos como o Mourinho.
-Eu gostava era que o Durão morresse na Assembleia.
Comments:
Como os meus vizinhos estavam a ouvir música pimba, fui obrigado a brindá-los com Censurados. Quando carreguei no botãozinho que diz stop, é tipo um quadrado, era Mafalda Veiga. Tara Perdida foi a solução de momento.
Comments:

quinta-feira, fevereiro 19, 2004

Hoje, no autocarro reparei que tinha um placard a dizer : 35 lugares sentados , 56 em pé.
56 em pé? Porque não 55? Mas não podem ser 60? Têem mesmo de ser 56? Será que atafulharam o autocarro de gente para ver quantos cabiam e à 57ª pessoa viram que não cabia mais ninguém? Interrogo-me que estranhos testes estarão na base daquele placard...
Comments:

terça-feira, fevereiro 17, 2004

Ontem foi um dia estranhíssimo, quase surreal. E acabar o dia no cinema a ser esmagado por um filme tão avassalador como é o Elephant ainda ajudou mais.
Comments:

segunda-feira, fevereiro 16, 2004

A Lu está docemente inspirada nos seus comentários. E sem mostras de pressão ou mesmo depressão.
Comments:
Uma coisa verdadeiramente ilógica e estúpida seria a impotência sexual ser hereditária. Isso sim, seria ilógico.
Comments:
Bem desde que vi o documentário sobre os ácaros que andam nas nossas caminhas, que podem chegar a ser um milhão (é estúpido, mas é verdade), excluí completamente a hipótese de dormir nu. É que os raios dos bichos alimentam-se de peles mortas que se encontram no nosso corpo, não sei se estão a ver....
Comments:

sábado, fevereiro 14, 2004

Toda a gente fala nisso, até parece que é dia dos Namorados! Bah.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?